sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

A Nossa Procrastinação Diária



Procrastinação: "ato ou efeito de procrastinar; adiamento, demora, delonga."


Acho que todos nós, sem exceção, somos perseguidos pela PROCRASTINAÇÃO. Essa coisinha maligna que se faz presente sempre, em diversos momentos de nossa vida, seja em nosso trabalho, projetos ou até mesmo hobbys.

A procrastinação nada mais é do que aquela preguiça que gera o tempo ocioso, que nos faz enrolar para produzir ou dar prosseguimento em alguma coisa. E isso atinge pessoas das mais diversas áreas, nos mais diversos tipos de trabalhos e projetos. Somos seres humanos e não máquinas então é lógico que haverá dias em que nossa produção estará em baixa. Tem dias que produzimos muito, tem dias que produzimos mais ou menos e tem dias que produzimos bastante.

A procrastinação pode ser causada pelos mais diversos fatores que variam desde o cansaço físico e psicológico. problemas na vida, crises emocionais, sobrecarga, emprego que exige muito, prioridades com outras pessoas e familia, rolês, problemas de saúde, stress, situações relacionais (dos mais variados tipos), foco em outras coisas em vez do projeto principal que você acredita que deveria estar se focando, cansaço puro e simples..enfim QUALQUER COISA pode e será motivo para procrastinarmos. Chego á conclusão que o procrastinar é algo já enraizado na personalidade do ser humano. Não sei se em tempos antigos ou em gerações passadas isso ocorria, mas nos dias atuais parece que a procrastinação se faz muito mais presente na vida das pessoas.

Não sou especialista, mas acho que um dos maiores fatores para a procrastinação atualmente seja a internet. Essa inovação trouxe muitas coisas boas mas também passou a ocupar um tempo excessivo na vida das pessoas (eu admito, sou uma dessas vítimas muito embora eu tenha tentado maneirar no que posso). TODO MUNDO acaba procrastinando na internet, principalmente no facebook. Em vez de estar escrevendo, lendo, assistindo, saindo, estudando ou criando algo, a pessoa está lá, rolando a timeline. Sim...porque tem gente que ás vezes nem está conversando no chat e sim só enrolando para ver as atualizações no face.
Não há mal algum em fazer isso de vez em quando...mas fazer isso em demasia é um problema grave. Você fica estagnado, improdutivo, inútil. Não fique assim. Saiba dosar o tempo. Rolar a timeline um pouco mas não passe mais de hora fazendo isso.



Muitas pessoas alegam que acabam procrastinando e ficando improdutivos nos projetos que mantêm por conta de problemas dos mais variados tipos. Isso é complicado e acontece mesmo mas existe formas de combater. Seus projetos são uma ótima forma de você conseguir extravasar,  fugir um pouco dos problemas e chateações. Ainda que seja temporário, isso realmente ajuda, pode até nos fazer sentir-se melhor e fará com que sejamos mais produtivos. Fará com que mantenhamos o foco e isso é muito importante tanto para nosso projeto quanto para melhorar nossa própria mente e emocional.
Pode parecer dificil fazer isso á princípio e realmente pode ser mesmo...mas se persistir verá que vale á pena e logo você se habitua e fica mais fácil.

Existe o caso também da procrastinação por preguiça. Essa é maligna mas também é a mais fácil de ser combatida. É só ter o controle mental e não deixar que ela vença...quando tiver que fazer algo, FAÇA. Não deixe para depois, procure tornar sempre seu tempo útil. Aos poucos você vai notar que combatendo a preguiça não sentirá mais tão "cansado". A preguiça nos dá uma falsa sensação de cansaço e se ignorarmos isso, aos poucos ela vai diminuindo. Ela nunca vai sumir por completo (digo por experiência própria) e podemos ter umas recaídas ocasionais ( experiência própria 2) mas é importante nunca deixar que a preguiça seja uma constante. Caso contrário a procrastinação irá dominar.

É importante  discernir a preguiça da procrastinação da preguiça e cansaço. A primeira é a preguiça pura e simples, seguida pela "enrolação": você tem tempo, condições, tudo certinho..mas decide "deixar para depois" ou passar o tempo fazendo algo inútil.
E existe a procrastinação causada por cansaço e imprevistos reais. O segundo não é justificável então tome vergonha na cara e comece a trabalhar e realizar as coisas que estão pendentes. Na segunda opção, descanse e saiba dosar o descanso com o tempo/disposição para fazer as coisas que estejam pendentes.


Mas existe formas de conseguir driblar a procrastinação, produzir mais e não ficar com tanta coisa acumulada?

É possível SIM. Existe diversas formas para driblar a preguiça e a procrastinação. Eu sou uma pessoa que se bobear, acaba procrastinando mais do que deveria mesmo eu tendo um monte de coisas para fazer. Então eu fico me auto  monitorando constantemente. Eu estabeleci a idéia de que no ano de 2016 iria procrastinar muito menos do que procrastinei em 2015 e tento manter sempre esse foco.
Eu agradeço aqui á meu amigo Marcello Salvaggio, que é um verdadeiro exemplo de pessoa que raramente procrastina e que diversas vezes ficou me pressionando para eu parar de enrolar e fazer as coisas que tinha pendente.

Não é fácil deixar a preguiça e o cansaço de lado mas, para que depois você não se sinta um(a) inútil improdutivo(a), estagnado na mesmice e com a pilha de afazeres aumentando á cada dia enquanto visualiza amigos e conhecidos avançando em seus próprios projetos, você percebe que precisa mudar, precisa criar um foco e se esforçar. Depois que você adquire o hábito de fazer suas coisas em um determinado ritmo diário, verá que tudo começa a fluir mais naturalmente e não será tão maçante quanto antes. E, mesmo que no final você se sinta cansado, pelo menos será um cansado satisfeito porque o dia não foi inteiramente perdido e você conseguiu agilizar ou concluir alguma coisa.

Esse texto é referente não á procrastinação (e formas de combatê-la) no ambiente de trabalho e sim acerca da procrastinação de seus projetos e  afazeres (seja por hobby ou como freelancer) fora do ambiente comum de trabalho. Porque, na boa, se você procrastina no seu emprego, então você está com um problema sério. Não me refiro aqui á procrastinação vez ou outra que cometemos no ambiente de trabalho, isso é normal. Mas se tal coisa se torna uma constante e você começa a ser cobrado e criticado por isso, então está na  hora de tomar vergonha na cara e parar com isso.

Tenha em mente uma coisa: quanto mais você procrastina, mais você irá procrastinar. É um vício igual drogas na qual cada vez mais você acaba sendo consumida por ela e deixa de lado coisas importantes a serem feitas. Muitas pessoas acabam sendo tomadas pela procrastinação e o primeiro item que você percebe que está procrastinando mais do que deveria é quando, ao se deparar com um texto longo você diz "não vou ler tudo isso". Ler é uma das melhores formas de lutar contra a procrastinação porque a leitura exige atenção de seu cérebro e criatividade de sua mente. Abrir mão disso é permitir que o tempo ocioso lhe domine cada vez mais.



Embora eu tenha uma vida mais ou menos corrida (conheço pessoas que possuem vidas muito mais corridas) eu desenvolvo (ou tento desenvolver) esquemas para não procrastinar tanto e assim ir concluindo e dando prosseguimento aos meus projetos, concluindo-os e recriando-os. Segue aqui alguns itens que costumo manter e que me ajudam a manter o foco e não procrastinar tanto.

- Mídias Sociais: Procuro me manter ativa em diversas mídias sociais, mas não em todas ou não apenas em uma única. Não existe mal algum em você passar um bom tempo no facebook....desde que a maior parte do tempo que você passe no facebook seja fazendo algo útil. Não fique apenas rolando a timeline, comentando em debates achistas e moralista que não levarão á lugar algum ou mantendo as mesmas conversas no chat. Crie uma page (eu mantenho duas: uma para meus cosplays e uma para meu projeto do Cruello), troque idéias com pessoas variadas, não limite seu círculo social. O facebook está aí para você trocar idéias, fazer amizades que beneficiem ambos os lados.
Vira e mexe eu acabo me tornando psicóloga de meus amigos e admito que isso me toma um puta tempo. Eu gosto de ajudar quem eu acho que merece ajuda mas ultimamente estou evitando um pouco isso porque não quero me sobrecarregar com meus afazeres depois.
O que quero dizer é: você não precisa ficar sem falar com ninguém: manter contato com as pessoas é importante para fortalecer amizades e ter uma constante troca mas se você começar a se sentir sobrecarregado, dá um tempo. Avise as pessoas que está ocupado ou fique em off até concluir metas diárias que estabeleceu. Se for para conversar, procure manter contato com pessoas mais íntimas ou com aquelas que pode manter uma troca de informações (se puder juntar ambas coisas então, maravilha!)

Continuando nas mídias sociais...dependendo do tipo de projetos que você mantém (escrita, cosplay, desenho, arte digital, moda, etc etc) expor seus trabalhos na web é além de uma excelente forma de divulgação, uma ótima forma de evitar que você procrastine. Assuma isso como um compromisso: adquira o hábito de atualizar suas páginas nas mídias sociais constantemente, não deixe as coisas "ás moscas".  Estabeleça prazos para atualizar cada uma.

Eu por exemplo tenho, além do meu facebook pessoal e duas fanpages, o Wolrd Cosplay, Deviantart, Twitter, Blog, Fanfics (posto fanfics em três sites diferentes e próprios para isso) Canal do Youtube e Pinterest. Para cada um eu procuro tentar desenvolver um prazo de atualização. Alguns são diários, outros semanais, mensais e até mesmo aleatórios. Embora ás vezes eu fique um pouco sobrecarregada, através desse compromisso que me auto imponho de atualizar as mídias sociais, eu acabo deixando a preguiça de lado e fico satisfeita quando consigo concluir tudo. E um detalhe: nas mídias sociais você nunca conclui o trabalho: tem sempre que mantê-lo ativo para obter o retorno que almeja.



- Para os Escritores/Desenhistas/Etc:
Não tente fugir..você precisa produzir DIARIAMENTE. Sim, isso mesmo. Quando você possui projetos voltados á algum tipo de arte, precisa estar constantemente produzindo. Não importa se o que faz saíra bom, mediano ou ruim. Apenas vá fazendo. Revise, mas não fique enrolando para escrever/desenhar. Seu trabalho tomará forma e você irá avançando á medida que for se dedicando.
Sei que não é nem um pouco fácil manter esse ritmo mas temos que tentar. É uma constante luta contra a procrastinação aqui.

Eu sou uma escritora que procrastina quase sempre. Não nego. Mas estou constantemente lutando contra isso. Meu problema é que tenho uma mente criativa que funciona á 100km/h enquanto que minha capacidade de moldar a forma dos textos e a dedicação em mantê-los anida está atingindo os 40 km/h. No momento eu estou trabalhando em uma fanfic solo, duas fanfics em dupla e minha obra original., Fora artigos para o blog. Não é fácil, cansa mesmo. MAS eu estou mantendo me mente de escrever um pouco por dia (abro excessão no final de semana por conta da vida social). Não importa se é o original, alguma das fanfics ou mais de uma coisa junto: tente escrever alguma coisa TODO DIA. Pode ser uma página, um parágrafo no mínimo, mas faça! Isso é um conselho que todo escritor recebe e realmente é útil e produz resultado. Mesmo que não tenha idéias e no fim não saia nada útil, tente.
A inspiração para escrever/desenhar/etc vem em níveis alternados mas é importante não esperar demais para que a inspiração venha. Corra atrás dela, pressione-a um pouco (não demasiadamente).

- Pense Sobre seus Projetos
Pense sempre sobre eles. Em várias partes do dia. Leia, assista, veja sempre as obras de outras pessoas como opções para que você tenha idéias para suas próprias obras e projetos. Mantenha sua mente ativa. Grandes idéias podem surgir nos momentos e lugares mais impensáveis que você possa imaginar. Já tive idéias enquanto trabalha no meu emprego, idéias andando na rua, no ônibus e até no rolê. Já tive ótimas idéias ouvindo música e até acompanhando obras de outros autores/artistas. Por isso que, para você produzir algo bem, é importante que leia e assista bastante. Existe no mercado uma infinidade de obras excelentes que vale á pena serem conhecidas.É importante também que você saia de sua zona de conforto, interaja com as pessoas, se divirta. Isso ajuda muito mais em seu avanço dos projetos do que imagina (claro, se você souber como dosar tudo).



- Não Enrole com seu Cosplay
Essa é para os cosplayers e cosmakers. Por mais que diga "há, o evento está longe, depois eu faço" saiba que o tempo passa rápido. Muito rápido. E cada dia que você não mexe no seu cosplay, é um dia á mais para você ficar desesperado quando o evento chega e o cosplay não está pronto ou começa a surgir um monte de problemas com o cosplay porque você não deu um prazo de segurança para que as coisas chegassem. Deixe a preguiça de lado, mantenha sempre o foco. Melhor ter algo pronto adiantado do que ter algo inacabado ás vésperas do evento.
Se você tem o hábito de fazer seus próprios acessórios e roupas, mantenha um ritmo de produção. Falarei mais especificamente sobre isso em um post futuro.

Uma pergunta constante: como posso me concentrar e me organizar para fazer todas as coisas que preciso fazer?
A resposta está na pergunta. Se PROGRAME. Eu por exemplo uso uma agenda onde vou anotando tudo o que preciso fazer e deixo essa agenda perto de mim na maior parte do tempo, para que eu não esqueça que tenho coisas a fazer., Eu anoto tudo e vou riscando á medida que vou concluindo as coisas que estabeleci ao longo do dia ou semana. Ainda não consigo estipular prazos fixos para concluir  as coisas mas pelo menos anotando elas eu consigo saber o que preciso fazer e me auto cobrar para isso. E sempre quando consigo concluir tudo ou uma grande parte das metas que estabeleci, fico satisfeita comigo mesma e já programa a lista do dia seguinte.

Enfim..o texto ficou grande mas espero que tenha ajudado você a ter uma noção e criar a consciência e o hábito de focar em seus projetos e evitar a procrastinação. Evitando procrastinar, você só obterá resultados positivos!

~*~

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

COSPLAY - Misa Amane - Death Note



Aqui, postarei as fotos do meu cosplay e também comentários que eu ache interessante registrar. Seja sobre o personagem, sobre como consegui meu cosplay, o retorno que me trouxe e o que mais eu considerar relevante.


A Personagem na Série:
Misa é uma linda e simpática garota que se torna o Segundo Kira ao receber um Death Note. 
Após perder a família e ser vítima de uma tentativa de assassinato (a qual foi evitada  graças á um shinigami que se sacrificou por ela), Misa passa a endeusar Kira por ele punir os criminosos. Ao receber um Death Note ela começa a agir em nome de Kira á fim de encontrá-lo. Ao encontrá-lo, ela imediatamente se apaixona por Raito Yagami, ficando disposta a realizar qualquer coisa por ele.
Isso a torna uma peça nas mãos de Raito, mas o amor de Misa é tão intenso que ela se torna ingênua e facilmente manipulável. Misa é uma modelo conhecida e seu jeito de se vestir aliado á seu carisma, atrai a simpatia de muitos. Ela é esperta, embora por amor á Raito, ela se torne ingênua até demais.



Misa foi o meu segundo cosplay e também foi o cosplay que mais versões diferentes eu fiz. E acho que a maior parte das cosplayers sempre fazem a Misa em algum momento de suas vidas hehe. Isso porque a Misa é um cosplay fácil e com um vasto leque de visuais diferentes para se fazer. E ela também é uma personagem super popular.
Outra vantagem desse cosplay é que além dosa visuais oficiais dela, você também pode optar por fazer visuais alternativos, que não tira a fácil e rápida identificação da personagem.É um dos cosplays mais práticos que existe!


O cosplay da Misa me serviu muito para eu poder ver o enorme avanço que fiz como cosplayer. Por ter sido meu segundo cosplay, ao longo do tempo fui vendo o quanto evolui, sempre via onde poderia  melhorar e  etc. Hoje vejo as fotos antigas e me pergunto como eu podia ser tão ruim! Eu sei que ainda tenho de melhorar muito como cosplayer, mas acho que já consegui evoluir bastante nesses anos.
Vendo o que consegui fazer com a Misa no último ano, eu vejo o quanto no começo eu mandei mal hehehe. Tenho até vergonha de postar algumas fotos. Mas acho que, á medida que vamos nos aperfeiçoando nos cosplays, vamos ficando mais críticos consigo mesmos.


A Misa é uma personagem cuja personalidade (tirando a animação e positividade) é bem diferente de mim. Ela faz mais o jeito "kawai desu" então eu tive (e ainda tenho) uma grande dificuldade de incorporar ela. Gosto mais de fazer personagens sérios, psicopatas, masculinos ou mais agressivos. E a Misa foge totalmente disso. Acho que só recentemente, no photoshoot que fiz dela, que consegui incorporar um lado mais "fofo" e mais o estilo da personagem.
O bom é que por um lado, a Misa é parecida comigo: seja no quesito vaidade, seja no quesito animação. Então aos poucos tento incorporar isso na hora das fotos. O lado mais sexy da Misa é algo discreto: ela é e ao mesmo tempo não é uma personagem sexy;. Então sempre tenho que manter em mente um limiar disso. Não sei se consigo, mas pelo menos eu tento.


Usei o cosplay da Misa cerca de 6 vezes desde que o fiz pela primeira vez. E cada vez procurei usar um visual diferente para ela (a excessão foi o visual do photoshoot que foi o mesmo que utilizei em um evento). De certa forma é o cosplay que mais utilizei até o momento (o Cruello não conta porque o utilizo em outros visuais para rolês á fim de grava vídeos para o projeto) e ainda pretendo usá-lo mais vezes (quem sabe em algum evento simples) com um outro visual.
Sempre procurei utilizar no cosplay da Misa roupas e acessórios que eu poderia usar tanto para outros cosplays quanto para visuais do dia á dia. Olha aí novamente a praticidade de se fazer a personagem!


Foi com o cosplay da Misa que fiz meu primeiro desafio em produzir um acessório com EVA: fiz as "garras" utilizadas por ela na capa do volume 4 do mangá. É um adorno diferenciado e foi meu primeiro desafio em mexer com EVA. Eu não manjo muito de fazer acessórios então com o da Misa eu comecei a pegar um pouco mais de prática. Embora o resultado final não tenha ficado perfeito, ainda assim eu gostei e cheguei a receber elogios e até mesmo uma encomenda das tais garras!

Assim, o cosplay de Misa acabou permitindo que eu avançasse e melhorasse não apenas em fidelidade dos trajes e maquiagem, mas também em customização e criação de acessórios.


Antes de realizar o photoshoot exclusivo da Misa em estúdio, eu havia fotografado em estúdio apenas algumas vezes nas salas de fotografia presentes na maior parte dos eventos. Então, realizar um photoshoot inteiro em um estúdio foi uma grande novidade para mim.
O photoshoot realizado pelo David Ernando foi muito legal e as fotos ficaram lindas. Porém fotos em estúdio necessitam de uma criatividade de poses e utilização de acessórios muito maior do que um photoshoot realizado em determinado cenário. No estúdio querendo ou não, você fica mais limitado em poses então tratei de levar vários acessórios para facilitar nas idéias de poses. E ainda acho que deveria ter levado mais coisas.
Mas gostei de fotografar em estúdio. Espero um dia fazer isso novamente!


 

Um pequeno adendo aqui: ovídeo abaixo é um desfile meu de Misa Amane. Coisa bem simplezinha, gravado por um amigo meu.

video
Vídeo do meu desfile de Misa no Jundiai Anime Fest 2015

Em Death Note, Misa ocupa o segundo lugar entre os personagens que mais gosto. O meu preferido foi e sempre será o Mello. Da série, eu fiz cosplay de três personagens: Mello - Misa - Raito. Fiz estes cosplays não apenas por gostar muito da obra e dos personagens mas porque eles também possuem uma boa facilidade para se montar o cosplay. E creio que, cada personagem que fiz o cosplay, possui um pouco da minha própria personalidade.
São cosplays que quero usar em eventos com grupinho ou dupla futuramente. Será que consigo? Posso fazer um dos 3 personagens, galera XD



Evolução do Cosplay:
Da esquerda para a direita, a primeira, segunda, terceira e quarta versão que fiz da Misa.
A quintaversão é as que estão nas demais fotos dessa postagem.



A Misa Amane é uma personagem que eu aprendi a gostar depois que consegui compreender a situação dela. No começo confesso que não gostava dela mas depois pude enxergar a vida sofrida e trágica da personagem. Ela pode ter sido uma assassina de criminosos e uma garota ingênuas nas mãos de Raito, idealizando um amor irreal (e infantil). Porém tudo isso foi a sua válvula de escape e uma forma de encontrar uma felicidade após perder aqueles que amava na mão da criminalidade. Misa representa, talvez, muitas vítimas da fatalidade e impunidade. Ela é uma personagem muito mais profunda, complexa e humana do que poderíamos imaginar á princípio.

  
Enfim...a Misa é um cosplay bacana de se usar. É prático, reconhecível e tem um ótimo visual.
Eu olho as fotos atuais desse cosplay e fico satisfeita com o resultado que finalmente alcancei com ele! E que surjam oportunidades de usá-lo novamente!



~*~

Fotos por:
David Ernando
Val Yuuko
Sander Antonelli Jr.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

UP ABC 2016




Hey, pessoal!!
Desculpem pela demora em atualizar o blog! (muito embora eu saiba que quase ninguém o acessa) Mas é que o tempo está passando tão rápido, que quando percebo, já passei o maior tempão para atualizar ou agilizar alguma coisa. Isso é bizarro. Antigamente parece que o tempo passava mais devagar...acho que é culpado facebook. Se bem que, eu entrei de férias nesses tempos e embora tivesse acreditado que conseguiria agilizar boa parte das coisas que havia planejado, descobri que não fiz sequer 20% do que programei...
Enfim, chega de papo furado e vamos ao que interessa! No final do mês,. ocorreu o primeiro evento do ano para se usar cosplay! \o/ E é sobre ele que falarei um pouco nesse post.



E no dia 31/01 ocorreu o primeiro evento otaku/geek do ano, em SP: o UP ABC!
O evento estava comemorando 10 anos (tudo isso já?) e agora se realiza na faculdade Anhanhaguera de Santo André.
O que posso falar do UP? Foi simplesmente demais!

A estrutura do evento é ótima. A faculdade é grande e possui muitos espaços cobertos e com sombra (o que foi muito bom em vista do calor anormal que estava fazendo). além de ser bem organizado. Eu fui neste local ano passado e gostei então, mesmo morando longe (e sendo uma puta viagem de Jundiaí para Santo André) é o tipo de evento que valeu o gasto.



Não que o evento possua grandes atrações ou seja um exemplo: acho que nenhum evento é tudo aquilo que os outros podem ou não endeusar. Depois de ter conhecido os mais variados eventos do meio geek/otaku de SP, para mim, todos são quase a mesma coisa. O que realmente faz a diferença são os amigos que te acompanham. Claro que tem evento que é melhor ou pior estruturado, com mais opu menos atrações, mas o que vai realmente definir se o evento é bom ou ruim é as experiências que você tem neles.


John Travolta se perdeu pelo evento mas encontrou os Drooguies



No geral, o evento estava muito bom, mas claro que, para um evento com mais de 10 anos, existe certas coisas em que precisam melhorar. Primeiramente é a necessidade de criarem vestiários para os cosplayers. É inadmissível que em praticamente todo evento, os cosplayers que precisam se trocar por lá, não possuam um local próprio para fazê-lo., Precisam utilizar os banheiros que, além de serem apertados (e na maior parte dos casos, sujos e fedorentos - acho que tem muita gente que faz questão de ser porcalhão ou comer algo que destrói o intestino e as narinas alheias), não possuem estrutura e conforto para os cosplayers poderem se trocar.

O evento ocorre em uma faculdade grande, repleta de salas. Não seria problema algum eles reservarem duas salas para colocar vestiário masculino e feminino. Ajudaria muito, até porque os cosplayers são a principal atração de um evento.

Selfie básica


Eu sempre procuro já ir pronta para os eventos, pois gosto de me arrumar com calma para fazer certinho e não esquecer nada. Mas, quando não posso ir de carro (e consequentemente já com o cosplay pronto) para o evento e preciso então me trocar no local, procuro sempre optar por utilizar cosplays mais práticos. Dessa vez, já suspeitando que se trocar no evento seria complicado, optei junto com meus amigos, de nos trocarmos nos banheiros da estação de trem próxima ao evento. O bom que nos trocando ali, acabamos encontrando mais amigos e conhecidos que depois foram conosco até o evento.
Ponto positivo: o evento é super perto da estação, acho que dá por volta de 5 minutos de caminhada no máximo e dado ao horário que chegamos, sequer pegamos fila!


Vamos falar do cosplay, não é? Então..depois de muitos anos, eu finalmente utilizei novamente o meu primeiro cosplay: Alex de Large, do icônico filme  Laranja Mecânica.
O Alex é um cosplay muito importante para mim, pois foi com ele que entrei nesse mundo cosplaýstico. Devido á inúmeras coisas (como outros projetos de cosplay) demorei para utilizá-lo de novo. É um cosplay prático e clássico, o qual consigo incorporar bem e é super confortável de se usar.

Porém dessa vez, resolvi melhorar o meu cosplay e optei por deixá-lo mais masculino, o que era o correto a ser feito. Nas outras vezes, usava sutiã de bojo e o meu próprio cabelo, quase como uma versão feminina. Mas dessa vez procurei fazer algo mais "Alex" mesmo. Achatei os peitos (hehehe) e utilizei uma peruca. O resultado foi mil vezes melhor e os cílios postiços se mostraram super práticos para utilizar, hábito que não mantive das outras vezes.

 
Eu como Alex de Large

Além de usar novamente o cosplay, consegui recrutar um grupo de Drooguies e, modéstia á parte, mitamos no evento! Utilizei o meu vírus tsuíno para convencer as pessoinhas queridas (meu namorado, minha best friend e meu parsa) a se tornarem jovens malcthiques drooguies. A princípio nenhum deles estava lá muito empolgado com a idéia...mas no fim toparam e admitiram que valeu á pena! Porque a zoeira foi linda, as fotos ficaram show e até gravamos vídeo para um canal do Youtube.
E foi bem legal o retorno positivo da galera quando vinham pedir foto, elogiavam e reconheciam o grupo. Isso sem falar do olhar mortal-esfuziante que recebemos de uma certa criatura recalcada.


O grupo de LM ficou tão bacana, que pretendemos, futuramente, fazer um photoshoot em um cenário que combine, algo com uma temática urbana, decadentista, sombria. Mas, isso vai ficar para um futuro.  Mas espero que possamos usar esse cosplay em algum outro evento, quando surgir a oportunidade. É sempre divertido ter um dia para ser completamente horrorshow!

Eu adoro fazer personagens psicopatas. Acho que são os que mais tenho facilidade para incorporar. É divertido e consigo fazer as expressões com uma certa facilidade, eu acho. É aquilo: quanto mais gostamos de um personagem, melhor conseguimos incorporá-lo. E meus drooguies, também incorporaram bem seus personagens. Parabéns, pessoal!

a zoeira never ends


Esse UP ABC foi também para comemorar uma data muito especial. No dia 31/01 fez um ano em que, oficialmente, eu e meu boy estamos namorando. Lógico que a galera deu os parabéns e fez zoeira, mas o mais importante foi que há um ano, encontrei a pessoa certa para mim. Uma pessoa que me compreende, me apóia, topa e participa das minhas idéias, me respeita, gosta da minha galera e faz cosplay comigo. Que esse seja o primeiro de muitos anos que passaremos juntos, pois temos diversos planos (incluindo cosplaýsticos) em mente!

E o mais bacana é que ele aceita fazer cosplay de casais yaoi de boas..olha a shippagem e a viadage nível hard!!! huehuehuehuehuehuehuehue


Mas voltando ao evento, encontrei por lá diversas pessoinhas que gosto e admiro, além de amigos e colegas. Foi bom para papear um pouco, fazer zoeira e ver os belos cosplays da galera. Ah e claro, botar os papos sobre tretas em dia XD. E ainda ganhei presentinhos *o* Sério pessoas, sempre fico mega feliz com cada coisinha que eu ganho!

O dia estava quente. Muito quente. Ainda bem que ficamos a maior parte do tempo na sombra/coberto e nossos cosplays, além de serem leves tinham maga comprida o que evitou queimar a pele. Então, deu pra sobreviver de boas tomando água, refri, milk-shake e raspadinha. Pelo menos nesse evento tem milk-shake e raspadinha (se bem que é um pouco carinho mas enfim...é evento).


O caminho de ir e vir do evento foi divertido mesmo que tenha demorado um pouco. Mas se estamos com, a galera, o tempo passa rapidinho enquanto se papeia. E SEMPRE temos coisas hilárias para contar e revelar. Agora...bora se preparar para o próximo evento!

Não vou me estender aqui colocando os nomes de todas as pessoas que adorei encontrar pelo evento porque são várias e posso correr o risco de sem querer acabar esquecendo alguém. Mas quero agradecer ao Daniel Kato, galera da Aura Click, meu amigo Rodolfo, Rael (que nos convidou para fazermos um vídeo para seu canal) e todos os outros que nos fotografaram!
 Peço também desculpas pela demora em fazer um post sobre mas espero poder, este ano, fazer no blog sempre posts dos eventos que frequentar, para registrar um olhar geral sobre eles.



Fotos de:
Rodolfo Terni
Daniel Kato
Aura Click


~*~