domingo, 6 de setembro de 2015

A Canção mais Antiga da História da Humanidade



ECHOES of UGARIT




Esta é a música mais antiga já registrada na história. Sua composição foi encontrada em tabuletas de argila, escritas em letra cuneiforme, na Síria, nas ruínas da antiga cidade de Ugarit.
O texto foi descoberto pela primeira vez em 1950, onde os arqueólogos encontraram diversas tábuas que remontavam ao século 14 A.C, aproximadamente 3400 anos atrás. O texto encontrado em escrita cuneiforme no idioma Hurrita (povo que viveu na antiga Mesopotâmia) pode ser o mais antigo registro de uma composição musical.

De acordo com estudiosos, a descoberta confirma que  a escala diatônica de sete notas e a harmonia, já existiam há muito mais tempo do que se imaginava. Isso confronta com a opinião da maioria dos musicólogos que alegavam que a harmonia musical no mundo antigo era inexistente e a escala só teria surgido na Antiga Grécia. A descoberta das tabuletas de Ugarit revolucionou então o conceito da origem da música ocidental.



Mas a pergunta mais intrigante disso tudo é: como essa música ancestral soaria? Certeza absoluta talvez nunca tenhamos. Mas, desde sua descoberta, diversos estudiosos procuram reproduzir como seria a canção. Logicamente que não utilizando os instrumentos daquela época pois, embora os registros históricos apontem a lira, a flauta e outros instrumentos antigos como instrumentos utilizados, não há uma completa certeza. Além do mais, a composição encontrada nas tabuletas trata-se da Harmonia da canção e não da melodia propriamente dita.

Em 1972, o professor de Assitologia Anne Draffkorn produziu uma interpretação que você pode ouvir logo abaixo. Ele usou um teclado MID  na composição desenvolvida por ele com base nos registros históricos. Essa versão é bem diferente das demais versões que surgiram posteriormente e que hoje são mais aceitas.
Desde sua publicação, diversos outros estudiosos procuraram desvendar os mistérios das tabuletas de argila e desenvolver outras possíveis versões de como essa antiga canção soaria.




 Ao que tudo indica a canção contida nas tabuletas é um hino á Nekkal, deusa das plantações. Antes  da descoberta das tabuletas em 1950, pouco se sabia sobre a música sumério-babilônica exceto os instrumentos utilizados, o que foi deduzido em imagens esculpidas e vestígios arqueológicos encontrados. A música (tanto a teoria quanto a prática) era considerada pelos antigos povos como uma arte divina e seu patrono era o deus Enko/Ea, que governava os reinos da magia, da arte e do artesanato.

Em 2010, o compositor e pianista Malek Jandalli e a The Syrian Simphony Orchestra em parceria com a The Russian Philharmonic Orchestra apresentou ao mundo uma versão aperfeiçoada da mais antiga canção da humanidade. Particularmente, esta é a versão que mais gostei. Mesmo que na época de seu surgimento, não era esse som que se ouvia pela antiga cidade mesopotâmica, essa composição evoca um miticismo único.



Curiosidade: essa canção é tocada no filme Prometheus (2012) do diretor Ridley Scott. No filme, que aborda a busca do homem por sua própria origem criada por seres de outro mundo, o personagem David 8 (interpretado de forma fenomenal por Michael Fassbender)  em um determinado momento, ao se ver diante da base da nave pertencente aos "Engenheiros", ele toca uma rudimentar flauta. A música tocada é Echoes of Ugarit e no filme, ao tocar essa canção, o painel de controle da nave é iniciado.

Eu realmente não sei explicar a sensação que ouvir essa música me provoca. É como se ela realmente possuísse um poder mítico, ancestral. Como se trouxesse  de um mundo há muito esquecido, a existência de uma magia, de uma inteligência e de um conhecimento muito superior. Um conhecimento sagrado que permanece oculto e desconhecido ao longo das eras. Essa canção realmente provoca uma sensação diferente ao ser escutada....e faz com que queiramos ouví-la seguidamente, como se fosse um mantra.




~*~




Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Super legal, adorei conhecer e ouvir a 1a música da humanidade!!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal ter gostado! Eu fiquei encantada com essa canção *_*

      Excluir