terça-feira, 23 de julho de 2019

Todos os Cães Merecem o Céu






   Esses dias, por algum motivo que agora não me lembro, encontrei nas minhas buscas essa animação surgiu e eu me lembrei o quanto a amo e o quanto ela marcou minha infância. E resolvi vir aqui no blog para falar um pouco sobre ela.

   Todos os Cães Merecem o Céu é uma animação lançada em 1989 dirigido e produzido por Don Bluth. Em 1996, a obra ganhou uma sequência: Todos os Cães Merecem o Céu 2 e posteriormente  chegou mesmo a ter uma série de tv  e um especial de Natal (bem chatinho e desnecessário).
Talvez o ponto mais alto da animação original seja sua abordagem e final. E a opinião dos que assistiram a obra na infância é sempre unânime: o que mais lembram é justamente o destino do Charlie.

Neste artigo, vou focar apenas no primeiro e segundo filmes, que ao meu ver são realmente válidos e memoráveis. Ainda que boa parte dos adultos lembrem ou tenham visto apenas o primeiro filme (que fez um considerável sucesso na época em que foi lançado em VHS), o segundo filme é bem divertido (ainda que não tenha a qualidade e magia do primeiro).


 


Todos os Cães Merecem o Céu 

A história se passa nos EUA em 1939, com o pastor alemão Charlie e seu amigo, o basset Sarnento fugindo de uma prisão. Logo de cara notamos que a animação é diferente das da época e carrega bem o estilo de Don Bluth (tanto pela animação quanto pelo enredo).
Charlie deseja se vingar de seu sócio Cicatriz que armou para ele ser preso mas a volta de Charlie é algo que Cicatriz não desejava e ele não só arma um plano para assassiná-lo como consegue.
A sequência de Charlie no céu dos cães é muito interessante e após roubar o relógio que significa sua vida, ele volta a terra para exigir justiça. (detalhe; a indignação de Charlie ao saber que está morto é hilária).

No caminho (junto com seu amigo Sarnento) ele conhece Ana Maria, uma garota orfã capaz de falar com os animais que Cicatriz está usando para ganhar dinheiro. E ai ele começa a conviver com a menina (também querendo ganhar dinheiro com a habilidade dela) e aos poucos vai se afeiçoando á menina. Mas Cicatriz deseja matá-lo (de novo) para recuperar a garota e além disso, sua passagem para o céu pode ser impedida por ele ter quebrado as regras divinas e voltado á terra.
Da pra sacar que a história já possui um enredo que diferencia um pouco das animações tradicionais, focando bastante no drama de seus personagens, mas sem deixar de lado o humor, algumas músicas e momentos de ternura.



Todos os Cães Merecem o Céu 2

Nesta sequência, notamos as diferenças para com o original logo de cara. A animação é bem diferente do clássico de 89: cores mais claras e suavizadas, traços dos personagens mais bonitos e menos rudes e isso compromete um pouco o movimento dado aos personagens.
É preciso salientar as mudanças visíveis nos traços de Charlie: eu ainda não sei se gostei dele ter ficado mais "bonito" ou se prefiro ele na versão do original.Outros personagens presentes no primeiro filme voltam a aparecer neste e há também inclusão de novos personagens: como o gato demoníaco que é o vilão da história e a charmosa cadela Sasha além de uma criança; o garoto David.

 Na história, a Corneta de Gabriel, capaz de abrir os portões do paraíso, é roubada e perdida na cidade de São Francisco. Charlie e Sarnento são então enviados para recuperar o artefato antes que ele caía nas mãos erradas - no caso um gato demoníaco vindo diretamente do inferno.
  O destaque dessa continuação é a presença de personagens da primeira animação (como a cadela divina que descobrimos se chamar Annabelle) e por entregar um destino que na nossa infância, gostaríamos que Charlie tivesse.


 


Separei aqui alguns fatos interessantes (e trágicos) sobre a obra.Vamos lá: 

- Don Bluth é um produtor muito conhecido e, antes de fundar seu próprio estúdio de animação (Sullivan Bluth Studios) ele trabalhou nos estúdios Disney, como um dos chefes de animação. Suas obras possuem uma qualidade única no quesito personagens e animação e as histórias possuem um toque de drama realístico muito convincente. Além de Todo s os Cães Merecem o Céu, ele também produziu outras obras de grande sucesso e que marcaram uma geração como Fievel, Um Conto Americano, a Polegarzinha, Anastasia e vários outros.

- A voz de Charlie nos EUA no primeiro filme é feita por Burt Reynolds e n segundo, a voz ficou por conta de Charlie Sheen. A voz do Basset Sarnento e Cicatriz se mantiveram as mesmas. Já no 2, a voz da Sasha foi de Shenna Easton que também cantou a música principal desse segundo longa.

- No primeiro filme, os cães são retratados em atividades meio ilícitas: frequentam cassinos (caninos), fazem apostas, roubam, bebem, fumam, incentivam corridas de ratos e até mesmo planejam assassinatos. Como a trama se passa em 1939, temos aí uma referência ao "underground" norte-americano da época, o que é bem interessante.

- Enquanto o primeiro filme se encaixou como um clássico, a continuação possui um viés mais mercadológico: tanto é que após o lançamento de Todos os Cães Merecem o Céu, foi feita uma série animada (que não chegou a ser exibida no Brasil) com cerca de 40 episódios e mais um especial. de natal.




- Aliás a série de tv foi lançada no Brasil porém eu vasculhei na net e não encontrei nenhum lugar para baixar ou mesmo assistir (se alguém souber por favor, me passe).

- Enquanto o primeiro filme se passa em 1939, o segundo parece se passar em meados dos anos 90 (a julgar pelas roupas e cenário). Até aí tudo bem se levarmos em base que Charlie começa o segundo filme no céu. Mas quando Sarnento "morre' e chega n céu, se fizermos as contas, o tempo de vida de Sarnento na terra seria impossível.
Provavelmente isso pode ser uma falha do próprio roteiro ou talvez os produtores tenham optado por fazer uma história "alternativa" sem ligação com o original além dos personagens: até porque nada relacionado ao primeiro filme é mencionado.

- A atriz-mirim Judith Barsi (que deu voz a personagem Anna Maria) foi assassinada junto com sua mãe pouco tempo depois do fim da produção do filme. Ela e a mãe foram assassinadas com um tiro na cabeça dado por seu pai, que depois ainda ateou fogo nos corpos e então matou a si mesmo também com um tiro.
A música tocada nos créditos do primeiro filme "Love Survives" foi um tributo á ela.




Para todos aqueles que gostam de uma animação de qualidade capaz de conquistar o público adulto, Todos os Cães Merecem o Céu é um clássico que merece ser visto. É, sem dúvida, um dos longas animados mais marcantes da geração que o viu na época e ainda hoje é uma obra que merece ser mais vista e aclamada.

É dificil não se emocionar com o final, totalmente diferente do que estamos habituados a ver nas obras voltadas para o  público infantil; o que me faz pensar se a animação foi realmente feita para crianças (não apenas pelo final, mas por vários pontos da história, como os cães em vícios, a animação primorosa da época e a forma como aborda amizade, carinho, céu e inferno (o segundo através de um sonho de Charlie que chega a ser meio sinistro), perdão e redenção.




sexta-feira, 14 de junho de 2019

O Quanto Devo Saber sobre o Personagem?


A resposta para essa pergunta é simples.

O QUANTO VOCÊ QUISER.


  Tem muito cosplayer e fã de obras por aí que acha que o cosplayer tem a obrigação de saber tudo sobre o personagem que está cosplayando. apenas para eles virem fazer um questionário de perguntas e se sobressaírem como "conhecedores" do personagem. Esse tipo de coisa costuma acontecer com quem faz qualquer tipo de cosplay, mas principalmente com mulheres que fazem cosplay de personagens de games.
  Aqueles que defendem que o cosplayer precisa saber tudo que eles acham que deve saber e que provocam e desprezam quem não conhece na maior parte dos casos sequer são cosplayers e sim pessoas frustradas com a própria vida e com elas mesmas.


imagem: Wikihow



  Quando alguém decide fazer cosplay de determinado personagem é porque ela gosta, no mínimo, um pouco do personagem e consequentemente conhece, nem que seja o básico, sobre ele. Ou pelo menos é isso que deveria ser. Houve casos de pessoas estarem fazendo cosplay de determinado personagem e quando indagado (a) sobre o mesmo, a pessoa não conhecia o mesmo ou pior: dizia uma informação básica errada sobre o personagem (certa vez durante uma entrevista a um programa de tv, uma cosplayer de Harley Quiin se referiu a personagem como namorada do Batman 0_o Isso na época foi bem comentado e zoado).

   Por isso, ao decidir fazer cosplay de determinado personagem é preciso que você saiba, no mínimo, o básico sobre ele. Não precisa se tornar um grande conhecedor do mesmo, a enciclopédia ambulante da obra a qual ele pertence. Até porque, grande parte dos cosplayers fazem cosplay de diversos personagens e é praticamente impossível conhecer tudo sobre cada um. Mas tenha em mente que é importante que você conheça um pouco sobre aquele personagem que está fazendo: leia sobre, assista a obra, jogue um pouco (no caso de games - se não for possível jogar, conheça o personagem através de informações de fontes confiáveis) e pesquise sobre sua história e personalidade.

Faça uso de imagens de referência para suas poses a fim de transmitir a personalidade e postura do personagem e, no caso de apresentações em concursos, deve se dedicar a pesquisar bem e focar na cena que deseja interpretar, mesmo que precise revê-la inúmeras vezes para decorar e ter um bom resultado na hora da apresentação. Tudo isso é importante não apenas para obter um bom resultado com o cosplay mas também para evitar situações estressantes que podem até acabar lhe desmotivando.



Rin de Inuyasha: fiz essa personagem a pedido de uma amiga e não conhecia 
praticamente nada dela. Estudei um pouco sobre a personagem e procurei 
incorporar da melhor forma que pude e consegui. XD


Vale lembrar que a importância de conhecer bem o personagem que está fazendo é extremamente essencial caso você esteja trabalhando com eventos. Se for em premiéres e estandes, o conhecimento básico sobre o personagem pode ser o suficiente mas em animações de festas (principalmente infantis) o conhecimento sobre o personagem é crucial para obter um bom feedback e até mesmo lhe trazer mais trabalhos. 

Enfim, antes de mais nada é importante que, ao decidir fazer cosplay de determinado personagem, você tenha algum apreço por ele e queira mesmo fazê-lo. Quando amigos sugerem cosplays para você (eu já aceitei determinados personagens á pedidos de amigos) e você não conhece (como também já aconteceu comigo) é bom sempre pesquisar um pouco sobre, pois isso além de ajudar pode acabar fazendo você se afeiçoar com o personagem. E uma coisa é certa: quanto mais gostamos de um personagem, mais nos dedicamos a aperfeiçoar o cosplay e tendemos a incorporar melhor tanto em posar para fotos quando para se apresentar em desfiles e concursos.

Não entre na paranóia de que você precisa conhecer todos os detalhes do personagem: o básico é o suficiente e mais do que isso é interesse seu com base no grau de afeição que você tiver pelo personagem (ou personagens) que estiver fazendo. Não dê importância a aleatórios que sequer fazem cosplay ou até fazem mas acham que podem te provocar. Ignore-os, supere-os com seu trabalho. Faça sempre o seu melhor e se dedique: cada novo passo é um aperfeiçoamento.
E nunca deixe de curtir o cosplay: seja no planejamento, na confecção, na estreia, no palco, no ensaio, no trabalho e sempre que for usá-lo!


Levi de Attack on Titan: um dos personagens que mais
gosto e que mais tenho satisfação em incorporar.


~*~

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Cosplay - Emma Frost - X-Men





Aqui, postarei as fotos do meu cosplay e também comentários que eu ache interessante registrar. Seja sobre o personagem, sobre como consegui meu cosplay, o retorno que me trouxe e o que mais eu considerar relevante.



A Personagem na Obra

Emma (Grace) Frost vem de uma poderosa e influente família mas era considerada feia e desajeitada quando jovem. Na adolescência, ao começar a desenvolver seus poderes telepáticos e usou sua habilidade de ler mentes para aumentar suas notas e influencias sua popularidade.
Entretanto, embora poderosa, sua família era totalmente desestruturada e, após não aguentar mais o mau-caratismo do pai, as maldades da irma e o descaso do irmão, Emma foge de casa.
Após conseguir desenvolver seus poderes telepáticos, Emma acaba se integrando ao Clube do Inferno e não demora muito para subir de nível e ser uma das preferidas de Sebastian Shaw e após alguns planos em parceria, ela se torna a Rainha Branca.
Inicialmente, Emma era uma vilã contra os X-Men e chegou mesmo a travar uma batalha psíquica contra a Fênix. Com o tempo e depois de vários acontecimentos, Emma acaba sendo aceita nos X-Men mas o convívio acaba trazendo diversos conflitos, principalmente quando Emma passa a desenvolver um interesse amoroso por Ciclope.
Emma, com o tempo, se torna uma das educadoras do Instituto Xavier, mentora das poderosas gêmeas Stepford e já faz um longo tempo que Emma é um membro importante dos X-Men, se tornando, inclusive, diretora do Instituo Xavier atualmente. Sendo uma pessoa altamente complexa, de vilã,. Emma se tornou uma heroína e forte defensora da causa mutante.

Emma Frost é uma mutante psíquica com enorme capacidades telepáticas e, ela foi classificada entre os cinco telepatas mais poderosos e conhecidos no planeta, capaz de realizar efeitos telepáticos extraordinários. Desde sua introdução, ela tem demonstrado vários poderes telepáticos como projeção, leitura de mentes e controle mental, alterando percepções de memórias, além de muitas outras habilidades psiônicas, e também é capaz de se transformar em um estado de diamante com resistência reforçada e durabilidade que suprime sua telepatia.



Emma Frost é uma das minhas personagens femininas mais queridas e também minha X-Men favorita. Não lembro bem quando foi que tive o primeiro contato com a personagem (na certa quando comecei a ler alguns quadrinhos dos X-Men) e de repente, quando dei por mim, Emma tinha se tornado uma personagem adorada. Acho que gostei dela por tudo que ela é: poderosa, debochada, inteligente, má, compreensiva, sensual, estratégica, verdadeira líder, que sabe como fazer as coisas e colocar os outros em seus devidos lugares.

Ela é, sem a menor dúvida, minha X-Woman e minha mutante preferida do universo X-Men. Não lembro quando foi que tive o primeiro contato com a personagem, mas ela logo me conquistou e não demorou para que eu ficasse fã. E com os avanços atuais dela nos quadrinhos, tenho gostado mais e mais. Como um verdadeiro diamante, Emma foi, com o tempo, cuidadosamente lapidada pelos roteiristas e embelezada pelos desenhistas e de vilã, ela se tornou anti-heroina, heroina e agora não é apenas uma grande mutante telepata e diretora do Instituo Xavier: ela já é considerada como uma das mutantes mais poderosas do mundo.
Rainha é rainha, né amores?




Embora eu gostasse demais da Emma, demorei bastante para criar coragem e fazer cosplay dela. Eu já gostava quando comecei a fazer cosplay mas por ser uma personagem sexy, eu sabia que só poderia cogitar a possibilidade de fazer ela quando me sentisse satisfeita comigo mesma e com coragem de usar um cosplay mais sensual.

Então fui fazendo outros cosplays mas sempre tendo aquela vontade de cosplayar ela. Comecei a pesquisar várias versões, cheguei a cogitar a versão dela bem conhecida e adotada quando ela se torna definitivamente uma X-Men e diretora do Instituto ( e o visual no qual ela aparece na animação Wolverine e os X-Men) mas decidi, por fim, a versão dela como Rainha Branca do Clube do Inferno, referente á sua primeira participação em X-Men.
Claro, tomei a liberdade de fazer algumas alterações no meu cosplay em vista do traje original, justamente porque o traje original dessa versão é excessivamente saliente e sensual.




   Assim optei por um corset e um micro-shorts em vez da calcinha que ela usa (literalmente).  Com essa pequena alteração me senti muito mais a confortável para usar o cosplay e também para tentar sensualizar nas fotos XD.

A capa foi a parte do cosplay que mais deu trabalho. Precisei pedir para fazê-la e na primeira vez não deu certo. Minha intenção, na época, era estrear o cosplay em um evento da minha região por conta do cenário então levei os tecidos á uma outra costureira que me garantiu que faria dentro do prazo que pedi. Mas a mulher só me enrolava, nunca estava pronto quando eu ia buscar até que me enfezei e literalmente arranquei meu tecido de lá e o levei para uma oura costureira que - oh, glória - fez o trabalho direitinho, perfeitinho do jeito que eu queria e ainda em cima do prazo! E quando finalmente coloquei o cosplay completo, nem consegui acreditar que havia conseguido fazer ela do jeito que eu queria!




Na primeira vez que usei o cosplay, utilizei uma bota de um outro cosplay. O resultado ficou bom e cumpriu sua função, mas eu queria mesmo uma bota que fosse até as coxas. E então comprei essa bota maravilhosa com salto de 9cm que serviu super bem e fez com que eu me sentisse um mulherão da poha. XD. Assim, na segunda vez, além da bota também optei por uma outra peruca que assentou melhor. O detalhe de brilho que coloquei no rosto foi uma referência á habilidade da Emma de transformar seu corpo todo em diamante. Eu queria algo que fosse prático de se colocar no evento e desse um efeito legal e os strass adesivos cumpriram super bem esse papel, fixando na pele o dia todo do evento (e isso durou horas, nas ambas vezes que o utilizei).

O cosplay se mostrou bem confortável de usar (não para um dia inteiro em evento porque a bota de salto cansa após algumas horas de pé ou andando pra lá e pra cá). Eu reclamo de salto no cosplay mas simplesmente mao usar ele em personagens sexys porque faz toda a diferença na elegância. Então dá pra aguentar sem problemas - claro, fazendo uma pequena pausa para sentar de tempos em tempos. Até hoje agradeço ao fotógrafo Ronaldo Ichi por ter cedido o banquinho enquanto eu esperava minha vez para fotografar. XD.


 
As duas vezes em que usei a Emma Frost até o momento. Uma evolução focada nas botas



   Até o momento, utilizei o cosplay duas vezes: e nas duas vezes para evento. Mas no mesmo dia do evento aproveitei para realizar alguns photoshoots que me renderam fotos maravilhosas!  Foi com a Emma que eu realizei o primeiro ensaio do meu amigo King Fotografia e também foi com o cosplay da Emma que eu finalmente realizei um desejo de longa data que era fotografar com o ValRo Photography!
Não vou deixar de elogiar também s outros fotógrafos que no Ressaca Friends 2018 fizeram fotos maravilhosas (obrigada Bruno, Kato e Lucas!). 

Eu ainda pretendo fazer mais um ensaio solo da Emma, um em dupla e outro com grupo. Aliás, um grupo de mutantes é algo que planejo há tempos, quem sabe logo sai? ;)  E talvez (talvez) umas fotos mais sensuais da rainha dos X-men rs...


 

Fazer cosplay de personagens sexys sempre foi um desafio pra mim. E com a Emma não foi diferente. De certa forma foi depois de fazer cosplay dela que agora eu me sinto muito mais a vontade para fazer personagens desse tipo e ficar mais tranquila na hora de posar para fotos. Por isso super incentivo ás garotas a fazerem personagens sexys: a auto-estima vai lá no alto, fora que a roupa é bem gostosa de usar.  Vale á pena, não tenham vergonha...se gostam de personagens sexys, façam e arrasem!

Fiquei imensamente feliz com o retorno super positivo que tive com esse cosplay, realmente não esperava tantos elogios e carinho da galera! Conheci, inclusive, pessoas muito legais (olha grupinhooo) por causa dele. Confesso que quando usei tive um certo receio por conta de muitos relatos de assédio que cosplayers de personagens sexys podem vir a passar. Mas isso não me aconteceu e todos sempre foram muito respeitosos!
Só tenho de agradecer pelo apoio, incentivo e elogios, que me motivam muito a continuar me aperfeiçoando.





Enfim, esse cosplay é, sem dúvidas, um dos meus preferidos. Amo a roupa, amo as botas, amo a personagem e fiquei muito feliz de ter conseguido (espero) incorporá-la da forma correta!  Sem dúvidas irei usá-la outras vezes mais! Demorei tanto tempo para fazer a Emma que se eu soubesse que iria gostar tanto de usar o cosplay de uma personagem sexy como ela, ainda mais da minha mutante preferida, teria feito muito antes!
Quem sabe futuramente até role uma outra versão dela? Nunca se sabe!




Photos by




~*~