terça-feira, 1 de agosto de 2017

Cosplay - CATWOMAN - Dc Comics



Aqui, postarei as fotos do meu cosplay e também comentários que eu ache interessante registrar. Seja sobre o personagem, sobre como consegui meu cosplay, o retorno que me trouxe e o que mais eu considerar relevante.


O Personagem na Obra:

A Mulher-Gato é uma das personagens mais icônicas não apenas da DC mas de toda a história dos quadrinhos. Seu nome verdadeiro é Selina Kyle, e ela surgiu logo na primeira edição do Batman, em 1940 embora sua roupa e aparência fosse muito diferente do que é atualmente. Mulher-Gato tem sido tradicionalmente retratada como uma vilã e adversária de Batman, mas desde a década de 1990, ela tem sido destaque em uma série de mesmo nome, que a descreve como um anti-heroína em vez de uma vilã tradicional. Mulher Gato é também conhecida por compartilhar complexa rivalidade e afiliação amorosa com Batman, desde então tem sido o mais longo interesse amoroso do super-herói por várias décadas. A personagem é considerada uma das 100 personagens mais sensuais das histórias em quadrinhos.
Órfã desde menina, Selina Kyle passou algum tempo em um orfanato feminino, do qual eventualmente fugiu. Sua inspiração para se tornar a Mulher-Gato teria se originado ao observar o próprio Batman, personagem com o qual acabou tendo um romance. A personagem da Mulher-Gato teve diversas origens diferentes ao longo do tempo mas ela é mais conhecida por ter se tornado uma ladra de jóias que é um pouco vilã mas ao mesmo tempo não pois já auxiliou o Batman em diversos momentos e tem uma conduta ética em determinadas situações.





Eu sempre gostei da CatWoman não apenas pela personagem em si mas principalmente pela estética dela. Quem me conhece sabe do meu apreço por roupas justas de couro, vinil e semelhantes. Fazer o cosplay dela era algo que eu tinha em mente durante muitos anos mas sempre ficava na dúvida de qual versão fazer até que me deparei com a versão dos quadrinhos, nos Novos 52.
  Gostei muito da estética da personagem que era algo mais prático mas ainda assim sexy. Fora que nessa versão o rosto dela não fica coberto por máscara (o óculos sobre os olhos é opcional em muitas artes). O bom foi que quase não gastei nada nesse cosplay e o resultado dele superou minhas expectativas (isso tende a ocorrer sempre com cosplays que eu faço no improviso ou gastando pouco XD).




A personagem é conhecida por sua sensualidade então foi meio que um desafio para mim conseguir incorporar ela. Mas acho que até consegui um resultado razoável. Quis basear um pouco nas artes oficiais e também em algumas cosplayers. Eu não tenho toda a flexibilidade corporal da personagem então procurei compensar poses através de expressão. E também como a CatWoman é uma personagem sensual mas não vulgar, fiquei o tempo todo tomando cuidado em como poderia fazer um bom trabalho.
Uma coisa legal nesse cosplay é que ele é prático. É fácil de vestir e dá um retorno bacana. Atualmente com o sucesso da Harley Quinn não é comum ver cosplays da CatWoman por aí, o que é uma pena. Mas a CatWoman sempre foi uma personagem muito presente no imaginário popular como aquela com um toque mais sensual (isso impulsionado pela lindíssima CatWoman interpretada por Michelle Pfeiffer no filme Batman - O Retorno, onde ela desfilava com sua roupa de vinil e salto agulha) então acaba sendo um tipo de personagem que não costuma cair no quesito mais pop atualmente.




Basicamente eu não gastei quase nada nesse cosplay. O meu coturno é da Villella Boots que tenho desde os meus tempos de rolê gótico. Esse coturno tem história e serve para vários cosplays. Quando decidi fazer a CatWoman eu sabia que tinha de usar salto mas queria m que fosse sexy mas confortável para um dia inteiro de eventos e esse coturno foi perfeito.

A máscara foi um achado...ela serviria pra outra versão da personagem mas deu para adaptar para a que eu queria. Os óculos eu comprei um em camelô e pintei e o chicote foi uma saga. Não achava um á venda em lugar algum (quando achava era caro). Até que tive a ideia de customizar uma corda de pular (aquelas infantis mesmo) e acabou dando certo. As luvas usei a tática de pintar e colar unhas postiças nelas, algo que dá super certo.




Eu usei esse cosplay apenas duas vezes até o momento. A primeira vez foi no evento FestComix de 2016, que usei em grupinho de Gotham Syrens com as amigas. O retorno foi super bacana mas durante muito tempo, devido á correria acabei não tendo chances de usar o cosplay de novo. Para piorar eu tinha pouquissimas fotos então não conseguia divulgar e mostrar o cosplay por não ter boas fotos e isso me deixava com muita raiva.

  Então surgiu a oportunidade de fotografar com o Danilo Marroni e eu decidi que faria o ensaio da CatWoman, porque eu já tinha em mente os locais em que queria fotografar e que achei que combinariam com a personagem. Mas demorou para conseguirmos marcar devido a correria de sempre mas até que finalmente conseguimos e vocês podem conferir um pouco do resultado ao longo dessa postagem.




O resultado das fotos superou minhas expectativas e me fez gostar ainda mais desse meu cosplay. Ainda quero usar ele novamente em eventos mas principalmente em ensaios. Quem sabe em ensaio de grupão ou das Sereias d e Gotham com as migas? *o* Já tivemos uma experiência e foi incrível e lógico que com um ensaio profissa será ainda melhor.

No momento é tantas ideias que tenho me mente e ensaios que estão pendentes que nem sei por onde começar. Acho que ainda faço um post sobre isso, da minha imensa dificuldade me conseguir programar os ensaios e realizá-los devido á correria da vida e o fato do ano estar passando rápido demais. Fica dificil conciliar tudo. Ainda bem que posso contar com a ajuda e paciência dos amigos (e dos fotógrafos também!).



Evolução do Cosplay:
Como usei o cosplay apenas 2 vezes não precisei fazer mudanças nele. Apenas retirei o cinto e aperfeiçoei as poses.


 


A CatWoman é uma personagem com quem eu me identifico em alguns pontos. Seja no jeito dela e nas preferências ela é do tipo que não é inteiramente boa mas também não é inteiramente má. Ela é humana, com toda sua ambiguidade mas também é inteligente e sabe como jogar para conseguir o que almeja.   

Eu ainda acho que preciso aperfeiçoar o cosplay mas acredito que posso ter um pouquinho de orgulho sobre ele.  Houve uma época que embora tivesse vontade, eu deixei o projeto de lado mas quando me surgiu a oportunidade por conta de grupo, finalizei o que estava pendente no cosplay e consegui deixá-lo do jeito que eu queria. Confesso que minha meta era a CatWoman versão da Michelle Pfeiffer mas me encantei pela versão dos Novos 52.



  
Enfim, a CatWoman é um cosplay do qual gosto muito e cujo resultado me agradou (é dificil eu me sentir gostosa em um cosplay mas esse me fez sentir hehehe). O retorno obtido com ele foi super bacana e ele se tornou o cosplay que marcou minha tendência em fazer personagens de cunho mais sensual. Ele também me permitiu poder explorar mais nas poses, sabendo os melhores ângulos para valorizar o cosplay e a foto como um todo.
Já estou ansiosa para usá-lo novamente!





Fotos por:

Danilo Marroni
Acervo Pessoal



~*~

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Que poder nesse cosplay!! Eu to começando a me interessar pela mulher gato agora e seu cosplay me fez ficar ainda mais apaixonada. AMEI as fotos, você é linda! Minha foto favorita é essa deitada olhando para cima ♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, muito obrigada!!!
      A Mulher-Gato é uma personagem muito interessante, acho que meu primeiro contato com ela foi através do filme estrelado pela Michelle Pfeiffer...aquela roupa de vinil sempre foi um objeto de desejo pra mim heheh
      Fico feliz que tenha gostado do meu cosplay, procurei fazer o meu melhor nele! ^^

      Excluir